BRB libera R$ 521 milhões para financiar retomada de turismo no DF

Contrato foi assinado na última sexta-feira (27/2) e integra uma parceria entre a União e a Secretaria de Turismo do DF

Material cedido ao Metrópoles

Secretaria de Turismo do DF (Setur-DF), o Ministério do Turismo (MTur) e o Banco de Brasília (BRB) assinaram, na sexta-feira (26/2), o credenciamento da instituição financeira no Fundo Geral de Turismo (Fungetur). A ação possibilitará que empresas do turismo do DF tenham acesso a uma linha de crédito de R$ 521 milhões para investir em empreendimentos do setor.

“Estamos muito felizes com a assinatura do primeiro contrato do Fungetur na nossa cidade. Um projeto que foi idealizado pela Setur há alguns meses e que hoje materializamos. Além desta, já estamos com mais 37 operações em andamento. Sabemos que o setor do turismo é um dos mais impactados pela pandemia da Covid-19 e, por isso, o acesso ao crédito por meio do fundo vai fazer diferença”, afirmou o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa.

Parte das políticas do Ministério do Turismo para a retomada das atividades do setor, o acesso ao Fungetur integra estratégicas da Secretaria de Turismo do DF para atender às necessidades do trade turístico Ao todo, a União disponibilizou o valor total na ordem de R$ 5 bilhões. Brasília ficou com 10% desse recurso.

“Desde o primeiro dia da nossa gestão, estamos trabalhando de forma integrada para trazer o desenvolvimento do turismo para o dia a dia da cidade. O credenciamento com o Fungetur mostra que Brasília está gerando renda, emprego e se aprimorando. Conquistar esse crédito e ver hoje ele saindo do papel, ajudando os nossos empreendedores e impulsionando o trade turístico na capital, é uma alegria imensa”, comemorou a secretária Vanessa Mendonça.

Quem tem acesso?

Podem ter acesso ao Fungetur empresas das seguintes áreas: acampamento turístico, agências de turismo, meios de hospedagem, parques temáticos, transportadora turística, casas de espetáculos e equipamentos de animação turística, centro de convenções, empreendimento de apoio ao turismo náutico ou à pesca desportiva, empreendimento de entretenimento e lazer e parques aquáticos, locadora de veículos, organizador de eventos, prestador de serviços de infraestrutura de apoio a eventos, prestador especializado em segmentos turísticos, além de restaurantes, cafeterias e bares.

A análise para concessão do crédito é realizada exclusivamente pelo BRB. Dessa forma, para saber as condições de financiamento e aprovação do projeto, o solicitante deve entrar em contato com o gerente da instituição financeira.

TURISMODFBRBRETOMADASETURFUNGETUR

Fonte: Metropoles

Deixe sua resposta:

Escreva seu comentário
Seu nome