Com Colvid, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB) pode usar azitromicina, mais o povo não pode, porque?

Medicamento é um dos remédios defendidos pelo presidente Jair Bolsonaro no tratamento do coronavírus

                Bruno Covas, prefeito de São Paulo Foto: Reprodução

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), confirmou através de suas redes sociais que está utilizando a azitromicina em seu tratamento contra a Covid-19. Junto com a hidroxicloroquina, o antibiótico é um dos medicamentos defendidos pelo presidente Jair Bolsonaro como forma de combater a doença.

Não da mesmo para entender o porque alguns secretários, prefeitos e governadores contrários às orientações do presidente Bolsonaro são contra o medicamento hidroxicloroquina, nota-se que vários deles logo que contraíram o COVID-19 imediatamente optaram para o seu uso, fica uma interrogação nisso, porque eles podem fazer o tratamento através desse medicamento e a população é proibida.

O Covas escreveu que está tomando a medicação pois foi a receitada pelo seu médico. Ele ainda afirmou que o remédio não é “de esquerda ou de direita”.

Fonte: http://olhosdeaguianoticias.com.br

Deixe sua resposta:

Escreva seu comentário
Seu nome